sexta-feira, 31 de julho de 2020

>>> LINK DA SEMANA



Que tal um tour virtual no museu da Mercedes-Benz, especialmente nos salões dedicados aos utilitários e caminhões da marca?

***

>>> CHEVROLET S10 2021


Chevrolet lança a picape S10 modelo 2021

O agronegócio é o setor que mais cresce na economia, e a forte ligação da Chevrolet S10 com o campo ganha ainda mais relevância. Isto porque a picape preferida do produtor rural chega à linha 2021 com uma série de recursos inovadores que agregam produtividade ao dia a dia, como o sistema Wi-Fi nativo. Da pecuária até a agricultura de precisão, tudo gira em torno da conectividade. Além disso, a picape acaba se transformando no escritório do homem do campo e a internet é uma ferramenta de trabalho estratégica para administrar e operar o negócio em tempo real. O sinal até 12 vezes mais estável que o de um smartphone é o principal diferencial do Wi-Fi nativo da Nova S10, que é capaz ainda de se manter mais tempo conectada à rede 4G em função da antena que amplifica o sinal – isto se traduz em maior velocidade de transmissão de dados.


“O picapeiro costuma rodar muito pelo interior. Sabemos que o Brasil é um país continental e que a cobertura de sinal de internet não é uniforme, por isso o Wi-Fi da Nova S10, com tudo o que ele agrega, ganha uma importância enorme neste contexto”, diz Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de produto GM América do Sul. A tecnologia permite que sejam feitas atualizações remotas (Over the Air) de sistemas eletrônicos do veículo. Mais do que isso, a picape da Chevrolet agora é capaz de identificar a necessidade de troca de óleo, por exemplo, e enviar um alerta para o WhatsApp do proprietário, que também pode iniciar a refrigeração da cabine à distância como forma de experimentar uma das várias funções do novo aplicativo myChevrolet. Tudo isso faz parte da conectividade nível quatro, o mais avançado disponível no mercado.


A Nova S10 incorpora também a mais moderna geração do multimídia MyLink. A novidade é a projeção sem fio para Android Auto e Apple Car Play. Esta é a primeira aplicação deste recurso em um modelo da marca no país.

Visual imponente e personalizado

Como se não bastasse o salto evolutivo proporcionado pela conectividade avançada, a Nova S10 se reforça em outros importantes pilares: segurança, performance e design.



Vamos começar pelo visual, que está nitidamente mais imponente. A nova frente segue o estilo da mais atual linha de utilitários globais da Chevrolet. Agora existe uma clara diferenciação entre a versão topo de linha High Country e as demais versões, numa ação inédita na linha para reforçar o aspecto de exclusividade.

Na Nova S10 High Country, a grade é toda escura e traz o nome Chevrolet em alto relevo sobre uma barra central. A tradicional gravata dourada, emblema da marca, pela primeira vez aparece deslocada do centro, localizada agora mais embaixo, à esquerda, sobre uma trama tipo colmeia. Todo esse conjunto se harmoniza com os faróis com LED e com o para-choque.


Falando de para-choques, a peça também passou por atualização. Conta com aplique central em cor diferenciada e uma moldura na parte inferior, que foi projetada para melhorar a capacidade do veículo de superar obstáculos, resultando num ângulo de ataque passou de 27 para 29 graus.

Outro elemento relevante para picapes off-road que foi melhorado é o conjunto de faróis auxiliares. As luzes agora ficam em posição mais elevada, proporcionando maior proteção às lâmpadas e melhor poder de iluminação em determinadas situações, como em trechos de mato crescido.


Na lateral, a S10 High Country chama a atenção pelas novas rodas esportivas de aro 18. Ela combina as bordas usinadas com o centro e os raios em preto brilhante. Outro aspecto lateral marcante é o santo Antonio envolvente, que traz mais volume para a caçamba (1.329 litros), a maior da categoria.

Nesta parte do veículo, a principal novidade é o amortecedor da tampa traseira, que torna a operação de manuseio muito mais suave. O item é ofertado como acessório e serve às demais versões (LS, Advantage, LT e LTZ).

Estes modelos acompanham as evoluções estéticas, mas com diferenças de acabamento, como a grade com elementos cromados e o logo da Chevrolet no centro, além de rodas específicas.


Na parte traseira, a picape equipada com câmera de ré projeta agora imagens de alta definição e conta com a função de engate. Traz linhas linha-guia específica e zoom para facilitar a operação. Outro recurso interessante deste sistema é que o usuário consegue acionar temporariamente a câmera traseira em plena viagem para uma checagem da situação do reboque.

Importante ressaltar que a S10 conta com o controle eletrônico de oscilação do trailer. Este sistema é capaz de identificar alguma instabilidade dinâmica da carreta e frear seletivamente as rodas da picape.

Frenagem autônoma

Na S10, tecnologia está presente em todos os pilares, e por isso ela tem sido considerada a picape com o melhor balanço entre robustez, dirigibilidade e conforto - tanto no asfalto quanto no fora-de-estrada. A Nova S10 ganha reforços estruturais na carroceria, oferecendo maior proteção aos ocupantes. O veículo ficou até 20% mais resistente em caso de impacto frontal, por exemplo.


Falando em segurança, a picape já era muito bem equipada. Oferecia alerta de colisão frontal, alerta de saída involuntária de faixa e controle eletrônico avançado de estabilidade e tração. Este pacote fica ainda mais completo na linha 2021 com a disponibilidade do sistema de frenagem autônoma de emergência, que freia o veículo automaticamente ao identificar uma situação de risco envolvendo o veículo à frente ou um pedestre que esteja cruzando a dianteira. Este recurso funciona de 8 km/h a 80 km/h e pode mitigar ou mesmo evitar um acidente. Ele entra em ação quando percebe que o condutor está distraído ou que o veículo logo à frente realizou uma manobra abrupta.

A S10 utiliza também a câmera deste sistema, localizada no alto do para-brisa, para ajudar o condutor numa frenagem de emergência. Imagina a cena: o motorista está na estrada, percebe uma situação de perigo, e freia. Mas caso o sistema entenda que a pressão aplicada no pedal não será suficiente, o carro intensifica a força de frenagem automaticamente.


Ainda dentro do capítulo proteção aos ocupantes, a Nova S10 vem agora equipada de série com 6 airbags em todas as configurações. Até então, este era um item exclusivo da versão High Country. A picape também vem com sistema Isofix e Toptether para fixação de cadeirinha infantil nas versões de cabine dupla.

Novo turbo com atualização do software do motor

Importante destacar que as picapes 4x4 em geral contam com uma arquitetura mais robusta que veículos de passeio. Por isso elas têm um ciclo de vida mais duradouro. Mas por serem um instrumento de trabalho e pela necessidade de se adaptar rapidamente às demandas do mercado, as picapes costumam passar por um número maior de atualizações.


A S10 é campeã neste quesito. Só em relação a motorização foram quase uma dezena, entre novos motores e tecnologias inéditas, de desde que a primeira geração foi lançada, em 1995.

De lá para cá, a potência de seus motores dobrou, o tempo para alcançar os 100 km/h caiu em um terço e o consumo melhorou até 65%. Sem falar no ganho ambiental com a redução de quase 90% na emissão dos principais gases (CO2 e NOx).

Mais uma atualização está sendo promovida, desta vez no motor 2.8 turbo, o preferido dos consumidores. A novidade que chega com a linha 2021 é a adoção de uma nova turbina, a mesma que equipa a picape Chevrolet Colorado norte-americana. A vantagem do componente é que ele conta com uma estrutura otimizada que deixa as acelerações mais progressivas. Na prática, o motorista vai sentir uma picape muito mais esperta e divertida de guiar. 

Para a integração da nova turbina, a engenharia trabalhou numa nova calibração para o motor de 200 cavalos de potência e 51 kgfm de força. “Optamos por desenvolver diferentes calibrações, uma específica para as versões mais sofisticadas da picape e outra para as versões voltadas para o trabalho. Afinal, esses veículos atendem clientes com expectativas bem distintas”, explica Ricardo Fanucchi, diretor geral de Engenharia de Produto GM América do Sul.

A nova calibração agrega melhor performance às versões mais sofisticadas, ampliando a sensação de agilidade em arrancadas e ultrapassagens, enquanto traz melhora de eficiência energética para as versões voltadas para o trabalho. Com isso, a aceleração de 0 a 100 km/h ficou 0,2s mais rápida, passando para 10,1s no modelo equipado com transmissão automática (AT6).

Já a economia de combustível variou de 3% a 10%, dependendo da configuração e da condição. Isto significa que o custo por quilômetro rodado com diesel, que já era bom, ficou ainda melhor nos modelos de entrada (MT6). Muito próximo ao de um compacto 1.0 Flex. Para uma picape do porte da S10 é um feito realmente impressionante. Sem falar que o veículo se difere pelo baixo custo de manutenção e pela ampla rede de assistência técnica.

Como se pode ver, a Nova S10 chega com novidades relevantes para o consumidor e segue sobre uma base extremamente sólida, formada pela tradição da marca Chevrolet no segmento de picapes.


A Nova S10 está disponível em três opções de carroceria (cabine dupla, cabine simples e chassis cab), cinco níveis de acabamento (LS, Advantage, LT, LTZ e High Country), duas opções de motorização (2.5 Flex e 2.8 Turbo Diesel), assim como duas opções de transmissão (MT6 e AT6) e tração (4x2 e 4x4). Além de sete opções de pintura externa: Branco Summit, Cinza Graphite, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro, Vermelho Edible Berries e as inéditas Cinza Topázio e Azul Eclipse.

* Press Release/GM do Brasil.

quinta-feira, 30 de julho de 2020

>>> PROPAGANDA






1982 Mercedes-Benz 1633S
***

>>> NISSAN ARIYA

Nissan apresenta o Ariya, um crossover 100% elétrico

A Nissan apresentou o novo Nissan Ariya, um crossover elétrico que permite aos clientes irem mais longe, enquanto aproveitam o prazer de dirigir, com confiança, conforto e conectividade.


Com um motor 100% elétrico, o Ariya promete uma aceleração potente e um funcionamento suave e silencioso. Motoristas e passageiros podem relaxar e desfrutar da viagem, graças à tecnologia de condução autônoma, assistência nível concierge, conectividade ininterrupta, e um interior espaçoso, que mais se parece com um lounge. Com uma autonomia estimada de até 610 quilômetros, a versatilidade do Ariya faz dele um veículo perfeito para o uso diário e as viagens nos fins de semana.


O Nissan Ariya foi revelado para uma plateia mundial por Makoto Uchida e Ashwani Gupta, respectivamente CEO e COO da Nissan, durante um evento transmitido ao vivo do novo Nissan Pavilion, em Yokohama, no Japão.


"O Nissan Ariya é um carro excepcional e realmente belo", disse Gupta. "Ele permite que você vá mais longe, com mais facilidade e conforto. O Ariya foi criado para impressionar e expressar aquilo que a Nissan busca – melhorar a vida dos nossos clientes".

O inédito Nissan Ariya está programado para começar a ser vendido no Japão em meados de 2021, com preço em torno de 5 milhões de ienes. O Ariya está planejado para ser vendido na Europa, América do Norte e China até o final de 2021.

Performance

Contando com a força da Nissan como marca pioneira em veículos elétricos, o Ariya eleva a performance potente e as capacidades dos veículos zero emissão a um novo patamar.


A motorização 100% elétrica do veículo combina excelentes diferenciais em termos de potência, capacidade de recarga e autonomia. Os clientes podem escolher entre múltiplas configurações para atender suas necessidades individuais, como tração em duas rodas ou tração integral e-4ORCE em todas as rodas, bem como dois tamanhos diferentes de bateria.

O sistema de controle com tração integral e-4ORCE traz o equilíbrio entre uma performance potente e a capacidade para enfrentar qualquer situação climática. O sistema composto por dois motores elétricos oferece uma condução equilibrada e previsível, entregando uma potência à altura de um carro esportivo em um piscar de olhos.

Design e tecnologia

O Ariya é o carro mais avançado em termos de tecnologia da Nissan até hoje. Os motoristas se sentirão mais confiantes e menos estressados, graças ao sistema ProPILOT 2.0 de assistência avançada ao motorista e os recursos ProPILOT de Estacionamento Remoto e e-Pedal. Também é de série em toda a linha Ariya o sistema Safety Shield da Nissan, que inclui o Sistema Inteligente de Câmeras com Visão 360°, Alerta Inteligente de Colisão Frontal, Freio de Emergência Inteligente e a tecnologia de Frenagem Automática de Emergência Traseira.


A novíssima interface homem-máquina permite que os clientes usem o sistema de reconhecimento de voz para ajustar as configurações do veículo. E com as atualizações remotas do firmware por meio do sistema over-the-air, o Ariya entrega sempre a emoção de um carro novo. O Ariya também inclui o Alexa da Amazon, para ajudar os clientes a simplificar e organizar a vida.

Cabine espaçosa

O visual impressionante do Ariya representa a nova linguagem do design da Nissan, chamada de Timeless Japanese Futurism, caracterizada por uma estratégia diferenciada inspirada no Japão, transmitida de uma forma simples, mas poderosamente moderna.


Os designers da Nissan tiraram proveito da nova plataforma para veículos elétricos da marca, que permite que o assoalho seja plano, além de seus componentes compactos de controle da temperatura, para oferecer ao Ariya a cabine mais espaçosa da categoria. O interior se parece mais com um lounge, cujos bancos com tecnologia Gravidade Zero oferecem um ambiente confortável e acolhedor, tanto para o motorista quanto para os passageiros.


"O Ariya potencializa a emoção de dirigir, garante altos níveis de conforto e confiança e aumenta a satisfação de se manter conectado", disse Gupta. "É mais do que apenas um grande crossover elétrico, é um grande veículo. Ele chegará em breve, com uma capacidade real para surpreender".

* Press Release/Nissan Motors.

quarta-feira, 29 de julho de 2020

>>> IMAGEM DA SEMANA


2009 Volkswagen Routan
***

BMW X6 M CONFIRMADA


BMW do Brasil confirma chegada do novo X6 M ainda no terceiro trimestre

A BMW do Brasil confirma a chegada do novo BMW X6 M ao país no terceiro trimestre deste ano. Produzido em Spartanburg, Carolina do Sul, nos Estados Unidos, o BMW X6 M é referência em esportividade e versatilidade e reúne o conforto de um SAV (Sport Activity Vehicule) com o alto desempenho ímpar de um legítimo esportivo BMW M. “O X6 M integra atributos como alta tecnologia, exclusividade e esportividade para agradar aos exigentes consumidores da linha BMW M”, afirma Roberto Carvalho, Diretor Comercial da BMW do Brasil. “Vamos seguir a ofensiva de produtos para trazer mais opções e escolhas ao cliente do Brasil. A cada três veículos premium vendidos no Brasil hoje, um é BMW, e os clientes e fãs da marca terão agora mais uma opção de escolha dentro da família M”, completa.



Desempenho e dinamismo são sinônimos do novo BMW X6 M que chega equipado com um propulsor V8 de 4.4L movido a gasolina com potência e força de sobra: 600 cv e 750 Nm de torque entre 1.800 rpm e 5.860 rpm. O câmbio é automático de oito velocidades e a tração é integral. Esse conjunto é capaz de romper em 3,8 segundos a barreira dos 100km/h partindo da inércia e a velocidade máxima é de 290km/h. O modelo estará disponível ainda no terceiro trimestre. Preço e detalhes serão prontamente informados.

* Press Release/BMW do Brasil.

>>> PRIMEIRA ALASKAN


Primeira Renault Alaskan feita na Argentina é revelada pelo CEO da marca

“Viemos com força! Para todos os fãs que vêm seguindo com interesse o nosso mais recente projeto, compartilho a foto da primeira Alaskan completa que saiu hoje da nossa linha de produção em Santa Isabel. Ansioso para poder conduzi-la”.


Foi assim que a primeira Renault Alaskan fabricada na Argentina foi revelada em uma rede social do CEO da marca no país vizinho, Pablo Sibilla, confirmando que a picape média está pronta para estrear em breve no mercado sul-americano. O modelo da foto é uma unidade pré-série que será utilizada em testes de rodagem e de ajustes da linha de produção.


A Alaskan ainda não foi confirmada no Brasil, mas a Renault já testa a picape no país para um provável lançamento em 2021. A marca não teria dificuldades para vendê-la por aqui, uma vez que a sua rede de concessionárias é maior que a da Nissan. A Alaskan é baseada na atual geração da Nissan Frontier, fabricada na Argentina. Ambas compartilham o chassi, carroceria e motorizações. As diferenças estão nos detalhes de acabamento e elementos estéticos, como grades, emblemas e a central multimídia.


O projeto da Frontier também originou a Mercedes-Benz Classe X, mas picape da marca alemã não chegou a ser feita na Argentina devido à crise econômica pela qual enfrenta o país. Além disso, Mercedes-Benz e Nissan não entraram em acordo sobre os custos de produção do modelo.


Assim como a Nissan Frontier, a Renault Alaskan será vendida na Argentina com as motorizações de 2.3 litros a diesel de 160 cv de potência (um turbo) e 190 cv (biturbo). As transmissões manual de seis velocidades e automática de sete marchas podem ser combinadas ao sistema de tração 4×4 com reduzida.

* Guilherme Silva/CarSale.